• White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Google+ Icon
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle

Praça Prof. Santos Andrea, 15 - 3º Esq, 1500-510 Lisboa, Portugal

geral@well-senior.com | +351 215 946 518

Como a tecnologia Wearable pode transformar o tratamento de Diabetes

October 16, 2017

Fitbit, Apple Inc. e Medtronic estão na vanguarda do desenvolvimento de dispositivos de próxima geração que combinam tecnologia wearable, dados e níveis de insulina.

 

A tecnologia Wearable tornou-se cada vez mais comum, graças à Fitbit, Inc. e à Apple, Inc., mas é possível que estejamos apenas no principio de como esses dispositivos podem eventualmente remodelar os cuidados de saúde em todo o mundo.

 

Actualmente, os Fitbits são usados ​​principalmente para ajudar as pessoas a monitorizar os seus exercícios físicos, mas no futuro, eles podem ajudar os pacientes a manter melhor controlo de doenças crónicas, incluindo os diabetes.

Em dezembro, a Fitbit celebrou um acordo com a empresa de dispositivos médicos Goliath Medtronic para fazerem, em conjunto, pesquisas médicas que eventualmente poderiam levar ao uso dos Fitbits por diabéticos para monitorizar e controlar melhor a sua doença.

Os Fitbits já fornecem um excelente conjunto de dados de usuários que mostra níveis fisicos, frequência cardíaca e outras métricas importantes, e a Medtronic é um dos maiores fabricantes de bombas de insulina e monitores de glicose. Se a colaboração resultar num produto que os diabéticos podem usar facilmente para rastrear os seus níveis de glicose no sangue, e os dados desse dispositivo informam melhor os médicos e os pacientes sobre a melhor maneira de tratar os pacientes, isso ajudaria a reduzir a progressão dos diabetes e, em última instância, melhorar os resultados do paciente.

 

A Fitbit, no entanto, não é a única empresa de electrónica de consumo que acha que há uma grande oportunidade na utilização de dispositivos portáteis para gerir melhor as doenças crónicas. De acordo com os relatórios da CNBC, a Apple está a trabalhar num projeto que eventualmente poderia incorporar sensores ópticos no seu Apple Watch. Conceptualmente, a incorporação de monitorização contínua de glicose no Apple Watch reduziria significativamente a necessidade de uso de agulhas para picar o dedo, e se o Apple Watch for combinado com uma bomba de insulina, este poderia remodelar o tratamento dos diabetes.

 

Um olho no futuro

 

 

A pesquisa da Medtronic produziu grandes avanços na luta contra os diabetes. O sistema Minimed 670G tornou-se o primeiro "pâncreas artificial" a conquistar a aprovação da FDA no outono passado, e será lançado aos consumidores este ano. Este dispositivo combina os sensores de glicose com uma bomba de insulina que pode automaticamente administrar insulina, dependendo das leituras dos sensores. É um grande avanço no tratamento dos diabetes que sugere o que o cuidado dos diabetes pode parecer no futuro, uma vez que a tecnologia portátil fica cada vez mais sofisticada.

 

Portanto, enquanto os obstáculos ainda impedem os esforços da Fitbit, da Medtronic e da Apple para levar a monitorização e tratamento dos diabetes ao próximo nível, a evidência sugere que é apenas uma questão de tempo antes que a tecnologia portátil seja comummente usada no tratamento dos diabetes.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Quando um familiar, como um pai, mãe ou esposo(a) precisas de assistência nas tarefas da vida diária, muitas famílias acabam numa encruzilhada. São as...

Residências Assistidas vs Apoio Domiciliário: 3 dicas que podem ajudar a tomar a melhor decisão para si!

February 15, 2018

1/7
Please reload

Posts Recentes